Pesquisa
De volta ao blog

Precisando de uma ajuda com seu bebê? Conheça o trabalho da nossa parceira Babá a Bordo

Falta de rede de apoio, retorno ao mercado de trabalho, ajuda extra com necessidades específicas do bebê ou a escolha por uma maternidade mais leve: os motivos para se contratar uma babá são muitos e eles conversam diretamente com o ganho de uma melhor qualidade de vida para a família e a geração de emprego e renda para mulheres.

Pensando em todos esses pontos, duas mães, grandes parceiras aqui da tuga, a Flávia e a Fabíola (foto abaixo) decidiram empreender e fundar a agência Babá a Bordo. Criada em 2019, ela busca conectar famílias a profissionais experientes e fazer com que essa relação aconteça da melhor forma possível, com dignidade e respeito as babás e carinho e cuidado com os bebês.

Inclusive, no próximo dia 24 de julho, a agência fará um treinamento presencial para as babás. Entre os temas da aula, estarão: primeiros socorros, primeiros cuidados, desenvolvimento infantil e noções de amamentação 🤱🏻.

Assim, para falar mais sobre esses temas e tudo que envolve a contratação de uma babá, batemos um papo super especial com a Flávia, que além de sócia da agência é também mãe da Linda e do João Caetano, psicóloga e especialista em saúde da criança e do adolescente pela UFRJ.

Vem conferir!

- Como a Babá a Bordo facilita o processo de contratação de babás e como isso ajuda famílias marinheiras de primeira viagem?

Nosso trabalho nessa fase é adiantar processos que podem tomar muito tempo dos pais e fazer o encontro perfeito entre o perfil da família e o perfil de babá que eles precisam e esperam. Nessa etapa, checamos as referências das possíveis babás, antecedentes criminais, seus conhecimentos, e por aí vai. Trazemos um olhar profissional e facilitamos a vida das mães que estão ainda trabalhando ou já vivendo o auge do puerpério.

- Quando é o melhor momento para contratar os serviços de vocês e, por consequência, de uma babá?
O ideal é ter o mínimo de um mês de antecedência antes de precisar de fato dos serviços de uma babá. No caso das famílias que ainda estão grávidas, é legal que o processo comece no terceiro trimestre da gestação. Assim, tudo pode ser feito com tranquilidade e calma.

- Para quem nunca pensou em ter uma babá, podem explicar quais as principais atribuições de uma babá?
A babá faz tudo relacionado a criança. Exemplo: na alimentação, isso envolve tanto o preparar do alimento, quanto o ofertar ao bebê; além disso, ela é responsável pelas brincadeiras, o cuidado com as roupas do bebê, limpeza das áreas do bebê. Tudo que for estipulado pela família e acordado com ela.

- Por que vocês consideram essencial ter uma babá na chegada de um bebê? Como elas podem melhorar a vida da mãe e da família, em geral?
A babá, diferente de um familiar, é um apoio pago. Ela estará com a mãe e o bebê no período que foi escolhido, fazendo as tarefas que a mãe estipulou. E o principal: ela é uma profissional, já tem muita experiência no que está realizando.
A contratação de uma babá pode evitar também desgastes com as avós, que muitas vezes querem ajudar a cuidar do bebê, mas acabam desrespeitando o desejo e a forma de educar dos pais. Ou então, evitar aquela condição de “favor”, que acaba deixando a mãe desconfortável e também insegura se a pessoa estará de fato ali na hora que ela precisa para cuidar de seu bebê.

- O que a família deve saber antes de contratar uma babá?
Antes de contratar uma babá, a família precisa saber o que está procurando. Isso envolve quantos dias da semana essa pessoa precisará trabalhar, os horários que gostaria que ela estivesse em casa e o salário que pode pagar.
É preciso entender também que os salários de uma babá têm encargos e que essa pessoa fará parte da rotina da casa. Com isso, é necessário ter atenção com a alimentação dela, com um lugar adequado para se descansar e tomar banho, por exemplo.

- Qual a dica para as mães nessa primeira relação com uma babá, já que é uma fase bem delicada?
É preciso estar bem presente nesse primeiro momento, conversar bastante com a babá e ir estabelecendo aos poucos uma relação de confiança. Dessa forma, as duas vão se conectando e a babá começa a conhecer melhor o ritmo da casa, como os pais gostam que cuide de seu bebê e a família também vai aprendendo com a babá e entendendo como uma profissional pode ajudá-los a ter uma rotina mais tranquila com a criança.

Tem mais dúvidas sobre esse tema, então, escreva para a Flávia e a Fabíola 😊
Elas te atenderão com muito carinho e te ajudarão nessa fase super importante.

Clique aqui e conheça seu site: https://www.babaabordo.com/

E não deixe de seguir suas redes sociais: https://www.instagram.com/agenciababaabordo/

 

Fechar